Blog / Seguro Auto

A importância do seguro contra terceiros

Quais os riscos cobertos pelo seguro de Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos?

Este seguro cobre danos materiais ou corporais involuntários causados a terceiros pelo veículo segurado. Ele reembolsa, até o limite determinado na apólice,  as indenizações que o segurado seja obrigado a pagar, judicial ou extrajudicialmente, por ter provocado prejuízos pessoais ou materiais a outros.

seguro-contra-terceiros

Quais são as coberturas de responsabilidade civil ?

As coberturas do RCF-V podem ser básicas e adicionais. As primeiras fornecem garantias para danos materiais e danos corporais. Já as adicionais compreendem dano moral e estético e extensão do perímetro do seguro para os países da América do Sul.

  • Danos Materiais
    Cobre os danos materiais  que o veículo segurado atingir, que afete diretamente o patrimônio das pessoas físicas ou jurídicas. Exemplo, colisão com um veículo terceiro ou até a destruição da fachada de uma loja.
  • Danos Corporais
    Cobre danos causados as vítimas (terceiras) como despesas de hospitalização ou tratamento da vítima.
  • Danos Morais/Estéticos
    Cobertura complementar a Danos Corporais,  cobre indenizações judiciais caso a vítima tenha ficado, por exemplo, aleijada, deformada, impedida de exercer sua profissão, etc. e que venha a reclamar em juízo uma indenização do segurado, por esses motivos.

Quanto devo contratar para cada cobertura?

Recomendamos que estas coberturas sejam no mínimo R$ 100.000,00 cada uma (danos materiais e danos corporais). E é simples exemplificar o porquê.

Por exemplo: Um segurado causou um acidente envolvendo 3 veículos  de terceiros mais o veículo do segurado. Os danos materiais causados foram:

  • Carro 1: Perda Total no valor de R$ 40.000,00
  • Carro 2: Perda Parcial no valor de R$ 12.000,00
  • Carro 3: Perda Parcial no valor de R$ 7.000,00

No total este segurado teve R$ 59.000,00 de prejuízo, sendo que o seguro irá cobrir até o limite contratado, no caso se o segurado contratasse R$ 50.000,00 para a cobertura de Danos Materiais teria um prejuízo de R$ 9.000,00.  Ou seja, um valor insuficiente R$ 50.000,00 seria um valor insuficiente neste exemplo.

Para a cobertura de danos corporais, no caso do acidente envolver vítimas são pagas altas indenizações com custos médicos e tratamentos da vítima.Para se ter uma ideia, temos históricos de indenizações pagas de R$ 80.000,00, onde foi necessário fazer cirurgias para reconstrução da perna de uma vítima de acidente de trânsito envolvendo um veículo e uma moto. Um acidente bem comum nos dias de hoje.

Vou pagar muito mais para aumentar estas coberturas em minha apólice?

O  custo destas coberturas de terceiros é relativamente baixo. Veja como a diferença é muito pequena para contratar o seguro, mas faz uma grande diferença na utilização das mesmas.

Exemplo:

Danos Materiais – R$ 50.000,00 – Paga-se R$ 277,00

Danos Corporais – R$ 50.000,00 – Paga-se R$ 142,68

Dobrando estas coberturas:

Danos Materiais – R$ 100.000,00 – Paga-se R$ 295,73 – Diferença de R$ 18,73

Danos Corporais – R$ 100.000,00 – Paga-se R$ 173,28 – Diferença de R$ 30,60

Com uma diferença de em média R$ 50,00, você pode dobrar suas coberturas e ficar muito mais tranquilo.

Quer fazer sua cotação auto? Clique aqui.